Saturday, July 24, 2010

A place to go


We show here several restaurants in Rio, several trends and sources. This, however, is typically a bar in Rio, which can either be in the Southern Zone and in the Northern Zone. The "philosophy" is the same: a place to sit and drink with friends, beach companions, or neighbors. A beer, a newspaper, a Saturday afternoon or Sunday morning. You made the party.

This bar, in particular, has two interesting features: it has one of the best roast chickens in an electric oven in Rio, and was the birthplace of the block of Carnival "Suvaco do Cristo" (armpits of Christ), posted here last February.

Nós mostramos aqui vários restaurantes do Rio, de diversas tendências e origens. Este, porém, é um bar tipicamente carioca, que tanto pode estar na Zona Sul quanto na Zona Norte da cidade. A "filosofia" é a mesma: um lugar para se sentar e beber com os amigos, companheiros de praia, vizinhos ou apenas conhecidos. Uma cerveja, um jornal, uma tarde de sábado ou manhã de domingo. Está feita a festa.


Este bar, em particular, tem duas características interessantes: tem um dos melhores frangos assados em forno elétrico do Rio, e foi onde nasceu o bloco de Carnaval "Suvaco do Cristo", postado aqui em Fevereiro último.



© Rio Daily Photo The photos in this blog are intellectual property. If you are interested in any of them, ask us!
As fotos deste blog são propriedade intelectual. Se você se interessa por alguma delas, peça-nos!

1 comment:

  1. Ok, you got my interest... I had to go back and check out the armpits of Christ. Strange title.

    ReplyDelete

Thanks for your comment!

Related Posts with Thumbnails

Why?

Le véritable voyage de découverte ne consiste pas à chercher de nouveax paysages, mais à avoir de nouveaux yeux. (Marcel Proust)



[Click on the images to enlarge them.]


Here we are

Here we are

What time is it in Rio?

Compteur de visiteurs en lignes

What about the weather?

Who, where or when?

What?

We walk by the streets of our city and very often we don’t realize its images, which are there and which suddenly are not any more.

To photograph and glance is to guard images, impressions. It is also to re-discover the space where we live, our imaginary and scenario of our lives.

Our glance is not enough. It is necessary that others look what we see.

Andamos pelas ruas de nossa cidade e muitas vezes não percebemos suas imagens, que estão ali e que de repente não estão mais.

Fotografar e olhar é guardar imagens, impressões. É também redescobrir o espaço em que vivemos, nosso imaginário e cenário de nossas vidas.

Nosso olhar não basta. É preciso que outros olhem o que vemos.


Who see me?

To whom?

Bookmark and Share