Thursday, February 11, 2010

Street Carnival

The Carnival in Rio de Janeiro - as all over the country - is part of the official calendar. Thus, the ornamentation of the cities is the role of town halls. Every year, there is a competition to choose the decoration, all with traditional motifs.

This year, the street ornaments of Rio are the most traditional of all: tambourines, masks, streamers and “balangandãs” (colorful bracelets and necklaces), beyond the famous hat of straw, indispensable accessory for musicians, rogues and components of the schools of samba.

O Carnaval do Rio de Janeiro – como de todo o Brasil – faz parte do calendário oficial. Sendo assim, a ornamentação das cidades é atribuição das prefeituras. Todos os anos, é feita uma concorrência para escolher a ornamentação, sempre com motivos tradicionais.

Este ano, os enfeites de rua do Rio são os mais tradicionais de todos: tamborins, máscaras, serpentinas e “balangandãs” (pulseiras e colares coloridos), além do famoso chapéu de palha, acessório indispensável para músicos, malandros e componentes das escolas de samba.





This is the avenue Rio Branco, the main artery of the financial center of Rio. Here had started the parades of the escolas de samba (schools of samba), blocks of street and the so-called “corsos” - convoys of convertible cars that took dressed people thought the avenue (that there is no long).

In the 1980s, was built on the "Passarela do Samba" (samba runway), known as Sambodrome, located on Marques de Sapucai avenue.

The project, with authorship of the architect Oscar Niemeyer, all endowed city of a permanent space for the exhibition of the traditional spectacle of the parade of the schools of samba, known in the world, and that it happens in the four days of Carnival.

Esta é a avenida Rio Branco, a artéria principal do centro financeiro do Rio. Aqui começaram os desfiles das Escolas de Samba, os blocos de rua e os chamados corsos – comboios de carros de passeio conversíveis que levavam pessoas fantasiadas do início ao fim da avenida (que já não existem mais).

Na década de 1980, foi construída a Passarela do Samba, conhecida como Sambódromo, localizada na avenida Marquês de Sapucaí.

O projeto, de autoria do arquiteto Oscar Niemeyer, dotou a cidade de um espaço permanente para exibição do tradicional espetáculo do desfile das escolas de samba, conhecido no mundo todo, e que acontece nos quatro dias de Carnaval.

By the way, apparently the light of the last picture "bursten," but the time it was made and the time when we are justified: 12 PM a day of intense summer in Brazil. In fact, we wanted to show how living in a cosmopolitan city in the Tropical Summer!

A propósito, aparentemente, a luz da última foto "estourou", mas a hora em que foi feita e a época em que estamos justificam: meio-dia de um verão intenso no Brasil. Na verdade, queríamos mostrar como é viver numa cidade cosmopolita no Verão tropical!

No comments:

Post a Comment

Thanks for your comment!

Related Posts with Thumbnails

Why?

Le véritable voyage de découverte ne consiste pas à chercher de nouveax paysages, mais à avoir de nouveaux yeux. (Marcel Proust)



[Click on the images to enlarge them.]


Here we are

Here we are

What time is it in Rio?

Compteur de visiteurs en lignes

What about the weather?

Who, where or when?

What?

We walk by the streets of our city and very often we don’t realize its images, which are there and which suddenly are not any more.

To photograph and glance is to guard images, impressions. It is also to re-discover the space where we live, our imaginary and scenario of our lives.

Our glance is not enough. It is necessary that others look what we see.

Andamos pelas ruas de nossa cidade e muitas vezes não percebemos suas imagens, que estão ali e que de repente não estão mais.

Fotografar e olhar é guardar imagens, impressões. É também redescobrir o espaço em que vivemos, nosso imaginário e cenário de nossas vidas.

Nosso olhar não basta. É preciso que outros olhem o que vemos.


Who see me?

To whom?

Bookmark and Share