Sunday, February 14, 2010

The old guys are enjoying it too ...

The Brazilian Carnival is ageless. All fit the dances in parades, in the blocks. Old, young, children, men or women. No matter the age, physical or social condition.

But there are those who prefer a shadow on the sidewalk of a bar with friends and neighbors ones.

This group - visibly older - preferred the sidewalk under the tree to make your own Carnival. Moreover, on the corner next to our house!


O Carnaval brasileiro não tem idade. Todos cabem nos bailes, nos desfiles, nos blocos. Velhos, moços, crianças, homens ou mulheres. Não importa a idade, a condição social nem física.


Há, porém, aqueles que preferem uma sombra na calçada de um bar, com amigos e vizinhos mais queridos.

Este grupo - visivelmente de mais idade - preferiu a calçada sob a árvore para fazer seu próprio Carnaval. Aliás, na esquina próximo à nossa casa!

No comments:

Post a Comment

Thanks for your comment!

Related Posts with Thumbnails

Why?

Le véritable voyage de découverte ne consiste pas à chercher de nouveax paysages, mais à avoir de nouveaux yeux. (Marcel Proust)



[Click on the images to enlarge them.]


Here we are

Here we are

What time is it in Rio?

Compteur de visiteurs en lignes

What about the weather?

Who, where or when?

What?

We walk by the streets of our city and very often we don’t realize its images, which are there and which suddenly are not any more.

To photograph and glance is to guard images, impressions. It is also to re-discover the space where we live, our imaginary and scenario of our lives.

Our glance is not enough. It is necessary that others look what we see.

Andamos pelas ruas de nossa cidade e muitas vezes não percebemos suas imagens, que estão ali e que de repente não estão mais.

Fotografar e olhar é guardar imagens, impressões. É também redescobrir o espaço em que vivemos, nosso imaginário e cenário de nossas vidas.

Nosso olhar não basta. É preciso que outros olhem o que vemos.


Who see me?

To whom?

Bookmark and Share